Curso e-Social para órgãos Públicos tem data confirmada para junho

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Assim como as empresas privadas, os órgãos públicos também têm diversas responsabilidades que devem ser cumpridas. A obrigatoriedade do e-Social para órgãos públicos veio com a proposta de facilitar esses processos.

O cronograma de entrega foi adiado: as novas datas para implantação de cada uma das quatro fases foram anunciadas pelo em abril pelo Diário Oficial da União.

No entanto, as entidades públicas precisam estar preparadas para fazer os envios necessários e não perder o prazo e claro, evitar dores de cabeça desnecessárias.

São muitas mudanças e novo processos geram dúvidas. Por isso, a Elotech Gestão Pública, em parceria com o professor, advogado e especialista e e-Social Rodrigo Moraes estará promovendo o curso e-Social para Órgãos Público, nos dias 08 e 09 de junho.

Para capacitar, orientar e tirar dúvidas, o curso com carga horária de 16 horas irá apresentar todas as fases do cronograma, de forma teórica e prática, com foco maior na 2ª e 3ª fase.

Dentre o conteúdo programático, estão “Novo” e-Social – Visão Geral: Versão S-1.0 Simplificação do eSocial; Estratégias e Planejamento para Implantação; 1ª Fase: Dados do Empregador e Tabelas; 2ª Fase: Eventos Não Periódicos; 3ª Fase: Eventos Periódicos e 4ª Fase: Eventos de SST.

O treinamento será presencial, ministrado em Maringá-PR e contará com certificação de 16horas. O valor individual é de R$ 1 mil, com descontos progressivos conforme quantidade de inscritos. As vagas podem ser reservadas aqui.

 

Curso e-Social para Órgãos Públicos

Data: 08 e 09 de junho
Horário: das 9h às 18h
Local: Trecsson Bussiness School, Shopping Catuaí, Maringá-PR
Investimento: R$ 1.000,00
Descontos: 10% acima de 4 inscrições
Inscrições e mais informações: https://cursoesocialelotech.contato.site/esocialw

Post relacionados

Elotech atualiza e-book sobre SIAFIC

A implatação do Sistema Único e Integrado de Execução Orçamentária, Administração Financeira e Controle – SIAFIC,  trouxe diversas dúvidas. O Decreto nº 10.540, publicado em