7 de abril de 2020

 A Nota Fiscal de Serviço Eletrônica também conhecida como NFS-e trata-se de um documento, no qual a prefeitura irá garantir de forma eficaz o domínio dos serviços que são prestados no município. Em contrapartida, o prestador de serviços estará em dia com as obrigações tributárias em seu município.   A principal obrigação tributária do prestador de serviço que emite a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) é realizar o pagamento do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza).

 

Você sabe na prática o que é uma NFS-e?

Segundo o portal do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) “é um documento de existência digital, gerado e armazenado eletronicamente em Ambiente Nacional pela Receita Federal Brasileira, pela prefeitura ou por outra entidade conveniada, para documentar as operações de prestação de serviços.” -                                    Link da citação: http://sped.rfb.gov.br/pagina/show/488.

 

 

Como começar a Emitir a NFS-e?

Para o prestador de serviço começar a emitir a nota fiscal é necessário realizar um cadastro na prefeitura de seu município. Onde será informado todos os dados da empresa e algumas documentações (que variam de acordo com o município). A prefeitura disponibilizará um link (que pode ser acessado pelo site da prefeitura do município) contendo login e senha de acesso para emissão de NFS-e. 

Benefícios por optar em Emitir NFS-e

Primeiramente, o prestador que decidir emitir a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica terá grandes vantagens dos demais, começando por conseguir mais trabalhos por estar regularizado. 

Mas por que irá conseguir mais trabalhos? As empresas e pessoas jurídicas que contratam prestadores de serviços precisam comprovar estes serviços, tanto qual serviço foi prestado quanto o valor que foi desembolsado, e tal comprovação é feita pela NFS-e.

Além disso temos outras vantagens como:

 

  • Segurança e praticidade: As notas são armazenadas em um ambiente virtual, desta forma traz mais segurança tanto para o prestador quanto ao tomador do serviço, além de  praticidade pois não haverá necessidade de armazenar papel.

 

  • Economia: Pode ser preenchida por qualquer pessoa, evitando gasto com profissionais específicos para essa finalidade, e também não será necessário gastar dinheiro com gráfica para emitir bloco de nota fiscal.

 

  • Cumprimento da Lei: Facilita a fiscalização pelo fiscal e evita a sonegação de impostos em todo o Brasil.

Melhorias nos municípios

Cidades em todo Brasil emitentes da NFS-e tem tido um crescimento em suas arrecadações municipais. E com este aumento na arrecadação de recursos é possível criar novos investimentos na área da Educação, Saúde, Vias e Estabelecimentos Públicos, onde este valor têm tido retorno para  a qualidade de vida dos cidadãos brasileiros e melhoria na gestão pública de modo geral.

 

Fique por dentro sobre NFS-e no nosso blog e verifique se sua cidade emite este documento! 

 

Ulisses Filho

Atendimento ao Cliente na Elotech

Comentários facebook

Gostou desta notícia? Imagine receber com exclusividade todas as nossas novidades? Conte com a gente e fique por dentro de tudo que fazemos de melhor!
Fique tranquilo, não compartilharemos seu e-mail e também odiamos spam.